A tecnologia cívica enfrenta o gigante latino-americano

As iniciativas que acompanhamos através da Aliança Latino-americana para a Tecnologia Cívica usarão dados abertos, jornalismo e tecnologia cívica para transformar a participação cidadã nas próximas eleições da região.

As duas primeiras partes nos nossos especiais sobre o papel da geração ALTEC nos processos eleitorais da América Latina foram dedicadas a falar do exemplo que nos deixou El Faro no uso na tecnologia cívica e o jornalismo de dados para influenciar no voto informado e nos processos de transparência da Assembleia Legislativa em El Salvador; e do impacto das iniciativas de SocialTIC, Yeeko e OneSmart no México para melhorar os processos de participação local antes, durante e depois das eleições do próximo dia 1º de julho.

Este país – assim como o México – terá eleições para mais de um cargo público: presidente, governadores e parlamentares serão eleitos no próximo dia 7 de outubro. Enquanto este dia não chega, as iniciativas acompanhadas pela primeira e segunda geração ALTEC tentarão transformar a participação dos cidadãos através de um toolkit eleitoral, plataformas para o voto informado e visualizações de dados abertos para influenciar as políticas públicas das próximas gestões.

Nesta terceira parte chegamos a um dos gigantes da região: Brasil.

Ao ser um dos gigantes da região, não só em extensão territorial como também em densidade populacional, os desafios de transformação e mudança social são maiores. Contudo, as iniciativas ALTEC estão trabalhando para desempenhar uma função chave antes, durante e depois do processo eleitoral, para exercer uma influência positiva na vida dos brasileiros.

Quer saber quem são as organizações que estão por trás destas iniciativas ALTEC? Quais são as suas propostas para mudar a vida do seu país? Como participarão durante o processo eleitoral e no período posterior a este? Aqui explicamos todos os detalhes destas 3 iniciativas ALTEC:

  • Toolkit Eleitoral é uma iniciativa do Instituto Update para reduzir as barreiras de entrada de novos agentes no sistema político através de uma plataforma interativa com informação, inteligência e ferramentas para o planejamento de campanhas eleitorais de cidadãos que queiram somar-se a estes processos. Neste sentido, o toolkit facilitará o acesso àqueles espaços legislativos onde a falta de representação teve um impacto pouco favorável para a participação social e os processos de transparência. Frente a estes desafios, nossos aliados realizarão um diagnóstico sobre estas barreiras para desenvolver a versão inicial do toolkit e fazer pilotos nas eleições do Brasil e do México em 2018.
  • Me Representa é uma iniciativa integrada por coletivos de mulheres, pessoas negras e grupos LGBT que visam aproximar os eleitores da política através de ferramentas digitais que lhes permitam ter um voto informado, incentivar a participação de candidaturas de minorias e monitorar o acompanhamento de promessas e ações dos candidatos eleitos.
  • Plataforma Latino-americana de Dados sobre Violência de Gênero tem como objetivo o fortalecimento da política de transparência de dados sobre a violência de gênero na região, masComo será possível sistematizar a informação para influenciar as políticas públicas? Já sabemos que existem apps latino-americanas dedicadas a coletar dados, contudo, ainda falta um sistema coordenado para receber, tratar, analisar e difundir estes dados. É por isso que esta iniciativa ALTEC visa coordenar o trabalho de outras organizações para fortalecer o debate sobre o tema e propor um padrão regional para a captura e gestão, a fim de ter acesso geolocalizado a dados, informação relevante e serviços de apoio.

Estas iniciativas ALTEC estão trabalhando para abrir os processos de participação ao interior do sistema político brasileiro com a finalidade de somar mais agentes da sociedade civil a cargos públicos que carecem de representação e para incentivar a participação de mulheres, pessoas negras e grupos LGBT naqueles espaços de onde foram excluídos, para fazer política e contribuir com a mudança social do seu país.

As 3 iniciativas ALTEC estão atravessadas por problemas de discriminação, exclusão, racismo, violência de gênero e falta de representação com os quais convivem os brasileiros; contudo, a tecnologia cívica estará aí para mudar essa realidade e melhorar a vida dos cidadãos antes, durante e depois do processo eleitoral.

Se quiser saber mais sobre estes projetos e o seu impacto nos processos eleitorais da América Latina, siga as próximas publicações do nosso blog.

Archivos
septiembre 2018
L M X J V S D
« Ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Suscríbete al Newsletter
Para recibir más información de Altec
Nuevos Tweet